Segunda, 23 de Outubro, 2017
Zoom


Talento da Segurança

alt

Maria Inês, ou simplesmente Inês, é uma profissional que demonstra lutar por seus objetivos. Formada em 1995, no curso de Técnico de Segurança do Trabalho, começou a trabalhar na área em 2000 na Tecvix para atuar no contrato com a Aracruz Celulose. Até 2006, Inês trabalhou como técnica em segurança para os trabalhadores do "chão de fábrica".

Atualmente, Inês é gestora da área de SST, compreendendo a matriz e serviços externos (contratos de longo prazo com os clientes Fibria, Veracel, Samarco e Evonik) nos estados do Espírito Santo e Bahia, envolvendo um público de aproximadamente 500 pessoas. Foi também em 2000, que a Tecvix decidiu certificar seu sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho, de acordo com a norma internacional OHSAS. A partir desse período,Inês envolve-se bastante com o processo de aceditação. "Tive a oportunidade de definir eimplantar os procedimentos do sistema de gestão de SST da Tecvix, cujo trabalhodesenvolvido foi certificado pela DNV (Det Norske Veritas), na OHSAS 18001:2007 emjaneiro de 2008", conta Inês.

Ela relembra que entre 2000 e 2006, a Tecvix implantou diversas atividades voltadas às boas práticas em SST, como o Diálogo Diário de Segurança (DDS), a Análise Prevencionista de Atividade (APA), treinamentos de segurança, conforme resultado de análise crítica da necessidade e, no contrato com a Aracruz Celulose, a "gincana de seguraná". Como resultado, obtivemoso envolvimento de todos, o cumprimento real dos procedimentos e o aumento do reporte das condições inseguras e dos incidentos", afirma. A gincana avaliava todas as atividades até o prazo de realização dos exames periódicos dos trabalhadores.Em 2009, mais conquistas para a área de SST da Tecvix: redução do número de acidente e da taxa de gravidade, enquadrada como bom e muito bom, respectivamente, pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Profissionalmente, Inês destaca, em 2008, o prêmio da ABS - Agência Brasil de Segurança, a conquista do prêmio TOP de Gestão em Segurança do Trabalho - categoria prata, de placa de Honra ao Mérito por redução significativa dos indíces e, ainda, de medalha de "Pioneiros de Prevenção", pelo trabalho realizado em prol da segurança e saúde no trabalho, também da ABS. "Acredito que o resultado positivo em SST advém com uma política e objetivos claros, assim como com o comprometimento de todos, principalmente da alta direção na busca da melhoria contínua, sem se esquecer de fazer rodar o PDCA (ciclo de planejamento, execução, verificação e ação)", explica.