Qui, 21 de Setembro, 2017
Zoom


Palavra da Presidente

 

Por

Patrícia Pontes

MTB 49.278

A ABS lança uma nova coluna ‘Palavra da Presidente’. Nesta coluna Paula Scardino, presidente da ABS falará sobre projetos da entidade, comitês técnicos, parcerias e dará sua opinião sobre a área de SMS. Nesta primeira ‘Palavra’ Paula fala sobre sua gestão, propostas e projetos futuros da ABS.

A ABS caminha firme em direção ao futuro

Em abrilde 2012 a técnica em instrumentação e controle de gases perigosos e especialista em irradiação de campo eletromagnético Paula Encarnación Scardino Mancebo assumiu pela segunda vez a presidência da Agência Brasil de Segurança - ABS. A primeira foi no período de 1998 a 1999.

“Minha gestão na ABS vai até 2014, são dois anos como determina o estatuto e minhas propostas iniciais são a continuação das discussões (através dos Comitês Técnicos) sobre as melhorias na NR33 Espaços Confinados, minha especialidade, e buscar fazer um trabalho mais forte na divulgação da ABS, com uma estrutura mais leve. A ABS é uma entidade sem fins lucrativos, não possui receita e, se as empresas e profissionais não conhecem o trabalho desenvolvido por nós, a ABS não consegue gerar recursos e se manter”, conta Paula.

Além de iniciar a sua gestão na ABS com um trabalho especializado de assessoria de imprensa, na divulgação dos projetos e trabalhos da entidade Paula revela que na última Feira Internacional de Segurança e Proteção – FISP em outubro de 2012, a ABS lançou 2 cursos EAD (Ensino à Distância) sobre Inspeção de segurança e Percepção de Riscos,voltado a empresas e profissionais. Já está em estudo e finalização mais 20 cursos na área de Saúde, Meio Ambiente e Segurança de ensino EAD.

Paula lembra também que pretende reativar os Comitês Técnicos dentro das demandas necessárias. O primeiro será o de Espaço Confinado, por conta da necessidade de revisão da norma 33.

Perfil da ABS

A presidente da ABS ressalta que os objetivos da entidade são gerar e divulgar conhecimento, criar grupos de discussão para o desenvolvimento da tecnologia e divulgar esse conhecimento, de uma forma mais democrática possível, com custo menor possível.

A visão prevencionista da ABS é multidisciplinar, Paula não acredita que a visão prevencionista fique restrita a uma formação e sim a várias que de alguma forma se coadunam “são médicos, psicólogos, sociólogos, técnicos, engenheiros. Sozinho ninguém faz nada é preciso que cada um contribua com seus conhecimentos. E hoje percebo que a ABS está mais madura. Os profissionais que a compõem tem a obrigação de transferir o conhecimento, esse é nosso objetivo primordial.”

Prêmio ABS TOP de Gestão

Com relação ao Prêmio ABS TOP de Gestão, a presidente avalia que as empresas que participaram do prêmio evoluíram muito depois da avaliação, recebem um relatório com chances de melhoria e muitas colocam essas melhorias como meta a serem alcançadas. Os empresários hoje entendem que o acidente é perda e fazem de tudo para ter uma imagem limpa diante da sociedade. “Sinto uma evolução das empresas que participam do Prêmio, muitas delas reestruturaram seu sistema de gestão, pois passaram a enxergar o que antes não viam.”